7 anos. Isso merece um post enorme!

Lembro-me até hoje…
Eu chorava muito, mas não havia dúvidas… Esperei por aquele momento por toda minha vida!! Sentia uma alegria muito forte inundar meu ser enquanto fazia uma repetida oração de entrega:
“Senhor Jesus, perdoe meus pecados. Eu entrego a Ti minha vida. Entra em meu coração e faz morada. Eu te aceito agora como meu Senhor e Salvador”.

Tudo que havia acontecido naquela semana havia sido muito rápido, espontâneo, sobrenatural,
incrível!!

Depois de 1 ano no Japão morando e trabalhando numa cidade no interior (Tokushima-ken Ama-gun) junto com meus pais, tive a oportunidade de finalmente arrumar um emprego na cidade grande…rsrs em outro lugar. Arrumei minhas malas e fui para casa do meu irmão mais velho, que morava em outro estado, afim de arrumar emprego.

Não sabia como funcionava muito coisa por aqui, incluindo as linhas de trem e por falar pouquíssimo a língua poderia, se me perdesse não saberia o que fazer, mas eu precisava de um emprego. Resolvi enfrentar a situação e ir à luta! Marquei uma entrevista por telefone e com meu irmão mais novo fomos para estação (quem sabe, juntando o que ele sabe de japonês mais o que eu sei a gente ficaria menos perdidos…). O que eu não sabia era que a linha de trem que eu queria era totalmente diferente do trem que nós entramos e foi aí que todas as coisas começaram a acontecer…

Descemos em uma estação de nome semelhante (na mesma cidade), mas não era onde eu deveria estar… e agora?? Vamos pegar um ônibus, descemos as escadas da estação e rapidamente entramos no 1o ônibus que nos apareceu, pois, já estava de partida e não poderíamos perdê-lo (mas não sabíamos se era o certo). Perguntamos ao motorista (no Japão não existe cobrador, mas em outro post eu explico…) se aquele ia para tal lugar e para nosso espanto era o ônibus certo!

2 horas de espera, mas a mulher chegou e nos levou para um empreiteiro japonês que não queria me contratar por causa da minha idade (ainda tinha 17), mas pensou, pensou e resolveu contratar, mas disse que eu teria que morar na casa de um família no início, pelo menos uma semana, pois ainda não tinha apartamento disponível. Aceitei.

Chegando em casa (nem me lembro como fomos embora), logo fui anunciando para todos que muito se alegraram, mas eu estava extremamente preocupada…

1o, nunca tinha ficado muito tempo sem meus pais (no máximo 2 semanas);
2o, nunca tinha morado com ninguém, a não ser minha família;
3o, nem sabia quem era essa família. Seriam japoneses???
4o, e se eu não me adaptasse??
Para alguns pode parecer besteira, mas pra mim não.

Estava muito insegura, mas não podia desistir. Resolvi marca um dia antes para ir conhecer a “tal” família e para mostrar que era uma garota descente resolvi ir com meu irmão mais velho.

Ao chegar ao local quase não conseguia conter o nervosismo e ao subir as escadas quase pedi para voltar, mas quando cheguei na porta da casa havia uma plaquetinha que dizia: “Crê no Senhor Jesus e será salvo tu e tua casa”. Eram Brasileiros!!!! E ainda por cima amavam a Deus!!! Uffaaaa!!! Naquele momento, toda aquela agonia e insegurança foram embora. Conheci a família Sassaki Arruda.

Cheguei num domingo para começar a trabalhar na segunda.

1o dia de trabalho, 1o emprego de verdade (antes eu só cuidava de crianças)… experiência diferente!!

Durante o trabalho soube que o apartamento tinha sido liberado e na terça já poderia mudar… (Para muitos seria uma alegria, mas pra mim era preocupação! Teria que morar sózinha e viver sózinha, até mesmo porque o apartamento era um pouco mais longe e sentido contrário do apartamento daquela família).

2o dia de trabalho… não conseguia me concentrar, só pensava em querer ir embora pra perto dos meus pais… (não era nenhum pouco independente, apesar de achar que era), e a agonia aumentava ao pensar que teria que deixar a casa da família Sassaki Arruda e morar sózinha. Tomei uma decisão.
Parecia loucura, mas iria pedir para ficar mais alguns dias por lá, até me acostumar…

À noite falei com a Sedna e suas filhas, mas ela não podia me dar resposta sem antes falar com o marido, pediu que eu aguardasse.

Acho que ela sentiu que toda aquela situação estava me deixando muito oprimida e pediu para orar por mim. Durante aquela oração eu chorei muito, mas sentia que aquilo tudo estava a passar e vinha um alívio, foi aí que ela perguntou se eu queria aceitar a Jesus. Não pensei duas vezes… Era aquilo que buscava durante toda minha vida, das vezes que orava nos cantos sozinha, das vezes que ia nas igrejinhas, das vezes que buscava algo que fosse maior que todas as coisas, a explicação de tudo e o preenchimento de todo vazio que havia dentro de mim: JESUS. Encontrei aquele que me amou primeiro!

No fim acabei morando 3 meses com aquela família maravilhosa e aprendi muito, principalmente com o exemplo de testemunho de vida que ela me deu e dá até hoje. Louvo a Deus por cada membro daquela família, porque sei que foi o Senhor que preparou tudo e com muito temor e amor me receberam. Lindos!!! Obrigado!

Exatamente hoje comemoro 7 anos que conheci esse Deus maravilhoso que mudou a minha vida com apenas uma oração.
Louvo a Ele, que tantas coisas fez por mim!! Obrigado Senhor!!! Nunca ninguém me amou assim, a ponto de se entregar e dar sua vida em meu favor!

Sei que este é o maior post que já escrevi, mas não dá pra deixar de escrever. Deus é bom e fiel!

Se vc deseja mudança para sua vida e quer que Jesus te ajude, apenas faça aquela oração que está em vermelho lá em cima no início do post, depois, procure uma igreja evangélica, onde creio que pessoas de Deus vão estar te aconselhando e instruindo, assim como a mim.

Deus te abençoe!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: